sexta-feira, 9 de maio de 2014

Deitei-me

Deitei-me..
Perguntei-te vens???
Um silêncio de palavras escutei
Olhando para a porta do quarto fiquei
Num semi cerrar de olhos vi
Vi… um vulto que tanto ansiava ver
Aproximando-se devagar
Passo a passo num passo majestoso
De uma verdadeira rainha
Que se aproxima cheia de sedução
Dando um prazer ao olhar
Ver as formas de uma silhueta
Tomar forma…a tua forma
A beleza de teu corpo que queria ver
Nessa lingerie negra que me provoca
Um arrepio na pele, o desejo de te tocar
Aproximas da cama com o soutien a cair
Mostrando a beleza de teus seios
Que tocas com teus dedos
Deixando os mamilos ainda mais desejáveis
Minha boca saliva de desejo
Minha lingua vibra de prazer
Ao tocar em tão suave pele
Percorrendo cada mamilo
Beijando, acariciando, excitando
Mordiscando, tocando com meus dedos
Ávidos de ti, da sensação de te tocar
Sentir
Desejar
Amar
Teus mamilos no meu peito
Quanto te sentas em mim
Roçando teus lábios nos meus
Dando-me a saborear
A doçura de tua boca
De teus lábios
Que se entreabrem para a dança
De duas línguas que se desejam
Querem
Sem palavras num longo beijo
Cheio de desejo
Num abraço, num deslizar de mãos
Pela pele, pelos contornos dos corpos
Que se querem memorizados
Conhecidos cm a cm
Sinto teus beijos, caricias
Pelo meu pescoço
Peito, descendo
Tua língua que trilha caminhos
De prazer em mim
Língua que percorre a minha excitação
Coberta por um tecido
Arrancando com a vontade do teu olhar
Com o desejo de tua boca
Com o prazer de teus dentes
Excitação que vibra, cresce
Ao suave toque de teus lábios
Num beijo de carinho
Que me faz soltar um gemido de prazer
Doido…
Tomo-te de assalto
Tomando teu corpo
Que quero conquistar, fazer meu
Libertando-o de todos os obstáculos
Mergulho nos teus encantos escondidos
Sôfrego como um perdido no deserto
Que anseia por água… eu anseio por ti
Do teu néctar que procuro com minha língua
Nas tuas profundezas cobertas de prazer
Que exploro recanto a recanto
Penetrando em cada recanto
Dessa gruta de prazeres inesquecíveis
Com teu sabor em meus lábios
Subo por ti
Percorrendo a planície que envolve o teu sensual umbigo
As excitantes elevações com um vale de encanto
Com os cumes de cortar a respiração
Onde para a minha língua
Em passagens deslizantes nos bicos
Ganhando velocidade pelo pescoço
Que me leva a esses lábios
Que trincas de prazer e provocação
Toco-os….
Num suave e meigo beijo
Com o teu sabor que ainda trago em mim
Beijo-te…dou-te a saborear o meu desejo
Meus olhos olham os teus
Dizem-te em silêncio
Quero-te… agora
Os teus respondem
Vem…desejo-te
Sem palavras…entro em ti
Uma conecção de corpos
Almas
Desejos
Vontades
Prazeres
Tuas pernas abraçam meu corpo
Puxando-o mais para ti
Fundindo ainda mais nossos corpos
Que se unem no desejo, no prazer
De sentir sensações
De se entregarem
Tuas mãos deslizam pelas minhas costas
Tuas unhas cravam-se na minha pele
A cada investida minha em ti
Rasgam a minha pele
Marcando na pele o prazer
Que nos consome
Que nos une
Que nos faz sonhar
E despertar deste sonho…
Vou dormir….
Vens???

1 comentário:

  1. woow !!!!! que texto ;-) de deixar quase sem fôlego ... parabéns

    ResponderEliminar